Nunca repeti de ano

Foi a frase que mais falei nas últimas semanas.

Falei chorando, falei gritando, falei batendo porta e telefone na cara. Falei em todos os tons e de todas as maneiras…

Pela primeira vez na vida a Malu ficou de recuperação e eu com os hormônios cagados já entrei em desespero, pensei no tempo que ela iria perder e em todos os boletos da escola que paguei esse ano, que seriam como dinheiro no lixo – e fiquei louca.

A primeira vez que fiquei de recuperação foi na quinta série (em religião), já a Malu ficou na sétima, e mesmo assim eu achei um absurdo sem tamanho e dei uns escândalos que me fizeram chorar de vergonha depois. Ameacei nunca mais dar o celular, nem presente de Natal, nem férias e só não ameacei colocar no colégio interno pq acho que isso não existe mais. Pior: culpei minha mãe, disse que ela passa um pano pra tudo que a Malu faz inclusive por ela não estudar como deveria.

Briguei com meu marido, briguei com a minha avó, e briguei muito com a minha mãe, a pessoa que mais me ajuda no mundo.

Na real eu sabia que essa hora ia chegar, a hora dos hormônios de grávida começarem a gritar e a me fazer agir como louca. E não tenho mais a corrida para me ajudar a não agir assim.

De repente num sopro ficou tudo bem. Cheguei à conclusão que tudo bem repetir de ano, e me lembrei de quanta gente inteligente e bem sucedida que conheço e que repetiu de ano.

E mais, vai saber se hoje eu não seria bem sucedida se tivesse repetido de ano?

Dane-se. Malu passou de ano, e por mais que eu seja dura com ela sei que não poderia ter uma filha mais maravilhosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.