Nike Air Zoom Pegasus 35: Cop or Drop?

Sei que estou um pouco atrasada nesse assunto, mas não queria escrever sobre essa comparação sem ter treinado o suficiente para ter argumentos.

O Nike Air Zoom Pegasus foi um dos meus primeiros tênis de corrida da vida, e tem alguns anos que venho acompanhando a evolução do modelo, que acontece anualmente dando sequência ao número.

O Peg (apelido carinhoso do tênis) é um dos tênis mais conhecidos e  tradicionais da Nike, e esse ano fez 35 anos – ou seja – nascemos no mesmo ano. ❤ 

E como eu AMO fazer linha do tempo de tênis, vou fazer uma do Pegasus até o último modelo, lembrando que ele sempre foi um tênis que entra na categoria AMORTECIMENTO.

A primeira versão que usei foi o 25 e dali em diante pude acompanhar a evolução dos últimos 10 anos do Pegasus. O que eu percebo é que ele fica alguns anos seguindo uma linha parecida (observem do 25 ao 27) com poucas mudanças, e no ano seguinte alguma coisa muito diferente é adicionada. No caso do 28, o cabedal começou a dar sinais de que de viria menos gordo e cheio de costuras.

Observem que do 30 ao 32 o cabedal se tornou mais minimalista, com menos costuras e um aspecto de mais leveza. A Plataforma foi mudando um pouco também, e até o 31 a cápsula de ZOOM AIR só existia na parte de trás do tênis. De todas essas versões, na minha opinião a mais problemática era a 32 pois apesar de ser muito boa na corrida, a durabilidade do tênis deixava à desejar.

E assim foi também com o Pegasus 33.

Na 33a versão ele ganhou cápsulas de ZOOM AIR na parte do calcanhar e no antepé, para se tornar mais responsivo, e essa foi uma das principais mudanças que o tênis sofreu na sua história.

Apesar de algumas pessoas terem gostado, acho que a maioria não curtiu a sensação da cápsula da frente, que era super perceptível, e parecia um “calombo” que dava para sentir no tênis durante a corrida. Além disso, assim como o 32, a questão da durabilidade ainda deixava à desejar.

Pra mim o Pegasus 34 foi a melhor evolução até hoje, e apesar de ainda me incomodar um pouquinho na durabilidade, acho que é um tênis completo e que calça MUITO BEM, abraçando os pés. Além disso, a Nike “consertou” esse bug das cápsulas e correr com ele voltou a ser agradável.

E então, eis que em 2018 nasceu o Pegasus 35, a versão que mais trouxe mudanças até hoje.

O cabedal continuou com o mesmo MESH (material de que é feita a parte de cima do tênis) e com o mesmo corte. O amortecimento ZOOM + espuma Cushlon também ficou igual.

O que mudou foi a língua, que foi mais integrada ao tênis, melhorando na hora de calçá-lo. O chanfrado do calcanhar que ajuda na hora que a passada encosta no chão, e trás uma carinha mais moderna e com sensação de velocidade.

E a mais importante mudança foi na aplicação do ZOOM AIR, que vem em toda a extensão do tênis, imitando a pegada do 4%, prometendo uma corrida mais suave e responsiva – que realmente se cumpre.

Não tenho absolutamente nada de negativo a declarar sobre a corrida com o Peg 35. Desde a primeira vez que coloquei no pé já senti que a plataforma era boa e na “medida”, nem mole nem dura.

A única ressalva que eu tenho com esse tênis, e que me faz ainda gostar mais do 34 é a forma como ele abraça os pés.

Por sugestão de Mo Farah e para proteger o tendão de Aquiles, o modo como colarinho do calcanhar foi projetado tornou o tênis um pouco desconfortável, e com a permanente sensação de estar saindo do pé.

Embora ele esteja disponível na versão masculina e com uma silhueta diferente na versão feminina, não posso afirmar que por aqui houve match do meu pé com o tênis.

Mesmo não morrendo tanto de amores pelo Peg 35, continuo usando bastante pois acho que além de lindo, essa nova plataforma de ZOOM AIR proporciona uma corrida muito maravilhosa. 

Quase todo mês a Nike lança novas cores do Peg 35, uma mais maravilhosa do que a outra, e ele existe também na versão premium que vem com o cabedal um pouco diferente da versão regular, e é um pouco mais caro.

Pegasus 35 Premium

Minha dica pra quem quer comprar é ir para 0,5 maior. Eu calço 8,5 e senti que o 9 funciona melhor.

O valor é R$549,00 para as cores mais novas, mas é sempre possível encontrar descontos nas cores antigas (de 4 meses atrás rs).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.