Vai ficar tudo bem depois da gravidez.

A real é que tem umas coisas que acontecem na gravidez que ninguém conta pra gente, e vou falar que boa parte delas eu sofri na pele.

Fora as mudanças hormonais, físicas e emocionais algumas coisas chatas e desagradáveis acontecem no período, e hoje vim aqui especialmente para tranquilizar as mamães dizendo que TUDO PASSA (já dizia o creyço Neymar Jr).

Vamos lá, vou fazer uma listinha do que mais me incomodou na gravidez e durante algum tempo pós-parto.

Hemorróidas

Sim, é uma merda, dói e incomoda pra caramba e principalmente deixa a gente na bad trip achando que ela nunca vai embora. A minha, que não era pequena, foi embora quando o Nicolas fez um mês. E pior: doía na gravidez e dilacerava a alma no pós-parto.

Como meu parto foi normal, com a força que fiz para o bebê sair saiu também um buquê de flores da minha raba.

Essa foi uma das partes mais chatas do pós-parto, pois a hemorróida doía mais do que a episiotomia (corte no períneo para o bb sair) e eu tinha que cuidar de cada assunto com um remédio diferente.

Saí da maternidade com a receita de um spray que me ajudou muito no corte, e com uma de pomada para colocar dentro da raba.

É, mamãe, alguém tem que falar abertamente sobre essas coisas né? Minha médica dizia que ia passar, mas eu não acreditava muito porque nunca tinha ouvido histórias sobre isso. Por isso tá aí, minha história de hemorróida para você saber que ela vai embora sem deixar rastros.

Pra mim, a principal causa foi o intestino preso. Tive muito enjôo na gravidez e não conseguia me alimentar bem, portanto meu intestino tb não funcionava muito bem.

Bexiga solta / xixi vazando

Durante alguns meses senti minha bexiga meio esquisita e sempre tinha episódios de xixi saindo sem querer, principalmente correndo. Apesar de estar com o assoalho pélvico forte quando o bb nasceu, tive que conviver um tempo com a incontinência urinária.

Também durou alguns meses, e os exercícios que fazia no chão de casa me ajudaram muito. Portanto, mamãe, você não vai se mijar pra sempre!

Dor para transar depois de parir

Independente de parto normal ou cesárea, o recomendado é transar somente 30/40 dias depois do nascimento do bebê, pois o útero precisa desse tempo para voltar ao normal.

Só que mesmo depois desse tempo, os níveis hormonais continuam baixos e a gente fica seca sem lubrificação alguma, o que torna o sexo MUITO DOLORIDO.

Meu marido não sabe, mas eu quase chorei na nossa primeira noite pós Nicolino. Parecia que estava me atravessando com uma espada de samurai e usei muito meus aprendizados de dor com a corrida, para segurar essa barra que é transar pós-parto.

Eu sempre me mantinha positiva pensando que na próxima vez seria melhor, mas demorou uns 2 meses pra voltar a ficar bom, mamãe.

Quando você acaba de transar e tá desesperada com a dor que sentiu, fica parecendo que aquilo vai ser assim pra sempre, mas também venho aqui contar pra vocês que não fica.

Continuei amamentando, dormindo pouco, me recuperando mas uma coisa que sempre fiz questão de manter na rotina era nossa transadinha semanal. Não dá pra exigir mais do que isso pois o casal está realmente esgotado, mas menos do que isso também não é legal pois afasta um do outro.

Minha opinião é que vale à pena fazer um esforço até nunca mais doer, porque sim, esse dia vai chegar!

Linha preta na barriga

Li bastante coisa cobre a linha nigra nunca mais ir embora, mas ela vai!

É uma questão estética, mas que me incomodava muito. Odiava ver minha barriga escura e aquela linha bizarra me dividindo ao meio.

Não usei cremes e nem fiz tratamento durante e depois da gravidez, ela foi embora naturalmente.

Peitos esquisitos

Eu olhava para meus peitos e escorria uma lágrima. Não me senti linda nem sensual com aquelas duas bolas enormes acopladas ao meu tórax, e ficava ainda mais passada quando me olhava pelada.

Meus mamilos tinham o tamanho de um píres de café e eu, que nunca tinha visto eles daquele jeito, também não gostava de mostrá-los ao meu marido. Eu sei que é um pensamento retrógrado e bobo, mas os hormônios fazem a gente andar um pouco para trás e pensar algumas coisas que não pensaríamos em sã consciência.

Sim, seus peitos vão ficar enormes e bizarros, e depois que o bebê nascer vão piorar, pois além de tudo saltarão as veias, virão as ferias e vc ficará melada de leite por um bom tempo.

Não vou mentir e dizer que tenho saudades dessa época, pois nunca me senti muito bonita grávida. Meu relacionamento com meus peitos melhorou depois que me envolvi na amamentação. Passadas as primeiras semanas, que são as mais difíceis, o corpo e o bebê vão entendendo como funciona e, juro, TUDO VOLTA AO NORMAL.

Tem mais coisinhas chatas que a gravidez trás, como coxas assadas, um peito maior do que o outro, corrimentos chatos mês sim mês não…e por aí vai.

Mas transar grávida é MA-RA-VI-LHO-SO, o cabelo fica lindo, as filas preferenciais são vida e principalmente, seu maior amor da vida está a caminho.

Então, mamãe, take it easy. É só tem paciência e a certeza de que TUDO PASSA, né Neymar?

Namastê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.